Carrinho de compras

Nenhum produto no carrinho.

Da punição ao charme

Como a Full Members Cup foi de tapa-buracos a uma das competições mais carismáticas do futebol inglês

Se a Premier League se tornou um sucesso dentro e fora de campo, tenha certeza de que este foi o resultado de um duro trabalho para que o esporte local saísse do buraco em que se afundou no fim dos anos 1980. Esta reconstrução contou com reforma de estádios, combate ao hooliganismo e aprimoramento do produto futebolístico. Durante este período, um pedaço da história foi preenchido por uma competição alternativa local: a Full Members Cup.

Tudo teve início na tragédia de Heysel, que congelou a participação de times ingleses em torneios do continente, após 39 pessoas morrerem devido a atos de hooliganismo protagonizados pela torcida do Liverpool. Tratava-se de uma final europeia contra a Juventus, ou seja, a partida mais esperada da temporada. Aquilo marcava o início dos dias negros do futebol do país.

Logo após o acontecimento, a então primeira-ministra, Margareth Thatcher, pressionou a Football Association (FA) para que os clubes ingleses se retirassem voluntariamente de todas as competições europeias. O tempo em que a Inglaterra se isolaria do restante da Europa serviria para que pudessem adaptar novas medidas de segurança nos estádios do país e inserir regras inéditas de conduta para os torcedores. Mas antes que a FA agisse, a UEFA fez questão de sentenciar os clubes ingleses: ficariam de fora de todos os torneios internacionais por tempo indeterminado.

Faça login ou crie uma conta abaixo.

Criando uma conta, você tem acesso GRATUITO e ILIMITADO a todos os textos da Corner.

  

Leia também:
Entre tapas e beijos
A famosa e antiga Ladeira da Montanha (Foto: Flavio Damm)

Jorge Augusto Ferreira de Aragão nasceu na capital da Bahia, Salvador, no dia 23 de abril de 1954, dia de ... (Continue lendo)

Minuto 78

Hamburgo, 22 de junho de 1974. Em campo, a Alemanha Ocidental enfrentava a Alemanha Oriental. Capitalismo e comunismo, profissionalismo e ... (Continue lendo)

Jornalista formado pela UMESP. Escreve para VIP, Sport Witness, Corner e Old Trafford Brasil. Não sabe se quer ser Andrea Pirlo ou John Frusciante quando crescer.

Deixe seu comentário