Carrinho de compras

Nenhum produto no carrinho.

O nascimento da Bundesliga

E a sina do primeiro campeão

Fundada em 1963, a Bundesliga foi a última grande liga europeia a ser oficializada. A sua primeira edição foi conquistada pelo FC Köln. Um título conquistado de forma inapelável por um time que abriu caminho à etapa dourada do futebol alemão.

A derrota e a concepção

Seria difícil imaginar a potência que viria a se tornar o futebol alemão se a Mannschaft não tivesse sofrido uma das suas piores humilhações no Mundial de 1962 no Chile. Durante anos, o selecionador nacional, Sepp Herberger, tinha avisado os dirigentes germânicos que o país estava ficando atrás da elite europeia com a insistência no modelo amador. A vitória surpreendente na Copa do Mundo de 1954 contra a fantástica Hungria de Puskás e companhia e a presença do Eintracht Frankfurt na final da Copa dos Campeões Europeus, em 1960, eram habitualmente os argumentos utilizados pelos dirigentes da DFB (Deutscher Fußball-Bund). Estava tudo bem, não havia qualquer necessidade de ceder à tentação do profissionalismo. Até que o telhado de palha voou e os alemães acordaram para o pesadelo de um mundo que não compreendiam.

Desde meados dos anos 1950 que os melhores jogadores do país eram assediados pelos melhores clubes italianos, espanhóis e até franceses com promessas de salários milionários que superavam — em muito — os trocados que recebiam por jogar nas suas ligas regionais alemãs. No pós-guerra, a recém-formada República Federal da Alemanha tentou, quase sempre, se afastar de ideias que pudessem despertar uma nova sensação de nacionalismo popular. Uma das medidas principais na área esportiva foi manter a sua condição amadora, travando a formação de uma liga nacional como muitos treinadores e dirigentes pediam insistentemente. Durante quinze anos, manteve-se o modelo do pré-guerra, isto é, de várias ligas regionais com um playoff para definir o campeão nacional. Um cenário que não agradava a ninguém. A saída dos primeiros jogadores de elite — imediatamente banidos da seleção nacional — e as derrotas da Mannschaft acabaram tornando o proibido em inevitável. No regresso da expedição ao Chile, a federação alemã aceitou conversar sobre a formação de uma liga nacional: a Bundesliga.

Faça login ou crie uma conta abaixo.

Criando uma conta, você tem acesso GRATUITO e ILIMITADO a todos os textos da Corner.

  

Leia também:
Caransajax, o DNA judeu ajacied

Durante décadas, alimentou-se a lenda no mundo do futebol de que o Ajax é um clube com DNA judeu. A ... (Continue lendo)

Bruno Formiga
Foto: Fernando Martinho

Ele entrou em contato com a Corner, durante a campanha de financiamento coletivo da segunda edição, se disponibilizando para ajudar ... (Continue lendo)

Jornalista e escritor. Autor dos livros “NOITE EUROPÉIAS”, “SONHOS DOURADOS”, “SUEÑOS DE LA EURO” e “JOHA: A ANATOMIA DE UM GÊNIO”. Futebol e Política têm tudo a ver, basta conectar os pontos. O coração de menino ficou no minuto 93 da final de Barcelona. Estudou comunicação na Universidade do Porto e morou mais de uma década em Madri.