Carrinho de compras

Nenhum produto no carrinho.

You’ll Never Walk Alone

A história por trás da canção mais icônica do futebol

O famoso hino não-oficial do Liverpool, eternizado a cada pré-jogo pelas vozes dos torcedores reds que lotam Anfield Road, tem uma história muito maior do que se pode imaginar. O coro, conhecido internacionalmente, acontece, invariavelmente, antes do início das partidas dos Reds em casa, quando os alto-falantes do estádio interrompem a música “You’ll Never Walk Alone” e, a partir dali, a torcida segue a canção à capela.

Contudo, a versão da banda inglesa Gerry and The Pacemakers tem origem em Carousel (1956), um filme musical, e é aí onde começa a busca que cruza o Atlântico pela origem deste icônico hino cantado a cada jogo pela Kop, a torcida do Liverpool, no Anfield Road.

Também é preciso entender o motivo pelo qual a canção passou a ser cantada tradicionalmente no estádio dos Reds. Depois dos Beatles, quem dominava a cena “Merseybeat” — as bandas oriundas de Liverpool — era justamente Gerry and The Pacemakers, o segundo grupo local, que quase por acaso gravaram a canção. Outra curiosidade que deixa essa história ainda mais inusitada.

Faça login ou crie uma conta abaixo.

Criando uma conta, você tem acesso GRATUITO e ILIMITADO a todos os textos da Corner.

  

Leia também:
Eintracht Braunschweig, os pioneiros dos patrocínios

Antes de o mundo do futebol ter entendido o potencial comercial dos patrocínios, um time se antecipou e desafiou as ... (Continue lendo)

Morte aos árabes
Foto: Reprodução/Forever Pure

Beitar Jerusalem e a islamofobia no futebol Donald Trump chegou ao poder em 2017 e em sua primeira medida, como ... (Continue lendo)

Jornalista, publicitário e fotógrafo. Estudou comunicação social na Universidad Nacional de La Plata. Para Martinho, não existe golaço de falta (nem aquele do Roberto Carlos em 1997 contra a França ou de Petković em 2001 contra o Vasco). Aos 11 anos, deixou o cabelo crescer por causa do Maldini. Boicota o acordo ortográfico.

Deixe seu comentário