Se o regime militar derrubou Saldanha, por que permitiu que ele assumisse a Seleção?

Por Fernando Martinho

U

m simples olhar para o período de João Saldanha no comando da Seleção brasileira (entre 1969 e 1970) deixa uma dúvida em quem reflete sobre o caso. Como puderam os militares – tão atentos aos subversores – deixar um cargo de tamanha importância e visibilidade nas mãos de alguém filiado ao, então clandestino, partido comunista?

Para continuar lendo, faça login ou registre-se. É grátis.

Visite nossa loja virtual e adquira as edições impressas da revista! Os textos publicados nas revistas são exclusivos e não são republicados no site, nem vice-versa. Garanta seu exemplar, colecione e leia a Corner.