Registrar
Uma senha sera enviada para seu e-mail

Numa série de três episódios especiais durante a Euro 2016, o Casual Football abordou as decepções da Eurocopa ao longo dos tempos. Pedro Tattoo e Clayton Fagundes falaram sobre a Holanda de 1976, na qual havia muita esperança, após o revolucionário Carrossel Holandês na Copa da Alemanha em 1974. Na edição de 76, que teve […]

Por Casual Football.

Numa série de três episódios especiais durante a Euro 2016, o Casual Football abordou as decepções da Eurocopa ao longo dos tempos. Pedro Tattoo e Clayton Fagundes falaram sobre a Holanda de 1976, na qual havia muita esperança, após o revolucionário Carrossel Holandês na Copa da Alemanha em 1974. Na edição de 76, que teve a Tchecoslováquia como campeã nos pênaltis, após a emblemática — e inédita — cavadinha de Antonin Panenka, os holandeses terminaram em terceiro lugar. Após sequer disputar a Copa do Mundo de 1978, na Argentina, Johan Cruijff acabou ficando pra história, mesmo sem ter conquistado nenhum título com a camisa laranja.

Outra seleção que o Casual Football mostrou foi a França, que chegou à Euro de 1992 com muita expectativa, com a dupla de ataque Jean-Pierra Papin e Eric Cantona, mas decepcionaram. A Inglaterra, em 1996, sediava a competição e chegava à competição com o polêmico, Gascoigne, e o goleador, Alan Shearer, mas sucumbiram diante da Alemanha.

Por último, Portugal, que em 2004 também sediou o certame, tinha Figo, Rui Costa e o jovem Cristiano Ronaldo. A decepção se deu muito mais pela conquista da Grécia, um adversário sem nenhuma transcendência esportiva, do que pelo resultado em si.

Visite nossa loja virtual e adquira as edições impressas da revista! Os textos publicados nas revistas são exclusivos e não são republicados no site, nem vice-versa. Garanta seu exemplar, colecione e leia a Corner.